Assuntos de Goiás TV

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Se não Ganhar do Danúbio... Muricy explica calma que teve após derrota para o Corinthians e ironiza: 'Quer que faça o que? Me mate?'

"Quando sou educado, sou educado demais. Tem que achar o termo que vocês querem, quando começar a coletiva, 'hoje é porrada'. Em um jogo daqueles não joga nada, vai ficar gritando para vocês, dizer que o juiz roubou, inventar desculpas? Tem que estar tranquilo, nessa hora tem que ser calmo. Quer que faça o que? Me mate? Dê um tiro na cabeça?", disse Muricy e acrescentou.

"Claro que teve erro do juiz, vi depois, mas sem aquele gol seria 1 a 0, pois não chutamos no gol. Tem momento que pode ser mais duro, na conversa que tivemos foi de recuperação. Foi diferente, para juntar as pessoas, só porrada não adianta. Tem que conversar, por em campo como treinamos e dar força para eles, futebol é assim. É que nem filho, tem hora que é de beijo. Na rua me cobram isso, que está devagar a conversa com os caras", completou o comandante.

Após a boa goleada aplicada neste sábado, o Tricolor tem um compromisso importante na noite desta quarta-feira (25), quando realiza o segundo jogo pela fase de grupos da Taça Libertadores ao receber o Danubio, do Uruguai, no Morumbi, precisando dos três pontos.
Muricy explica calma que teve após derrota para o Corinthians e ironiza: 'Quer que faça o que? Me mate?' - São Paulo - FutNet


Seguidores